Consagração | Fernanda Filippini

Consagrar é dar um destino, um propósito ao objeto. Torná-lo sagrado. A consagração pode ser feita aos elementos, à natureza ou à uma divindade.

Neste artigo você vai encontrar:

Na consagração, carregamos um instrumento com a nossa energia e com a energia do universo para fins mágicos.

O primeiro objeto a ser consagrado é o cetro ou a varinha mágica, pois é com eles que abrimos o círculo mágico. Dentro do círculo colocamos uma representação para cada direção:

  • Norte /  Terra – cristais, sal, moedas, terra, vela marrom ou verde
  • Sul / Fogo – uma vela de qualquer cor, vela vermelha
  • Leste / Ar – incenso, punhal, pena, vela amarela ou branca
  • Oeste / Água – taça ou cálice de água (vidro ou metal), vela azul

Se todos os objetos devem ser consagrados dentro do círculo, então como consagrar a varinha?

Consagrando a Varinha ou o Cetro

Faça um círculo de sal grosso:

  • Antes de fazer o círculo, pegue uma representação para cada direção, como explicado acima.

  • Localize o Norte com uma bússola (existem aplicativos de celular) e vá deixando cair o sal grosso, no sentido horário, até fechar o círculo.

  • Convide os elementos para estarem com você (veja como aqui).

Verifique se há energias indesejáveis:

  • Pegue seu cetro, feche os olhos e entre em alpha (saiba como aqui).
  • Examine o cetro psiquicamente para analisar qualquer energia incorreta.
    Mesmo que tenha acabado de comprar, é interessante limpar o instrumento de toda e qualquer energia. Examine a aura dele na sua tela mental para detectar energias a serem removidas. Ver uma aura (que é a energia em torno do objeto) é como ver a maçã na Meditação da Maçã.

  • Ainda de olhos fechados, afaste qualquer energia indesejada com as mãos, enquanto diz:

    “Eu neutralizo qualquer energia incorreta neste cetro”.

Carregue o cetro:

  • Visualize sua própria aura. Deixe-a circular em sua volta e entrar no cetro. Visualize as duas auras juntas e brilhantes expandindo-se.

  • Diga:

    “Eu carrego este cetro para catalisar todos os meus pensamentos e atos por minha vontade. Peço que isso seja correto e para o bem de todos. Assim seja.”

Desfaça o círculo de sal.

Consagração / Carregamento Básico

É o mesmo processo do cetro, porém abrindo o círculo mágico com ele já carregado.

  • Abra o círculo mágico com o cetro já carregado (saiba como aqui).

  • Segure o objeto nas mãos.

  • Entre em alpha.

  • Examine se há energias que precisam ser purificadas.

  • Caso seja necessário, purifique dizendo:

    “Eu neutralizo qualquer energia incorreta neste cetro”.

  • Para carregar o instrumento, visualize sua própria aura. Deixe-a circular em sua volta e entrar no objeto. Visualize as duas auras juntas e brilhantes expandindo-se.

  • Quando as auras combinadas estiverem fortes e brilhantes, declare o propósito com que carregou o objeto e diga que essa energia está agora fixada e protegida de qualquer energia contrária que pudesse agir contra o propósito do objeto.

Opcional:

Consagração aos Deuses

  • Abra o círculo mágico com o cetro já carregado (saiba como aqui).

  • Segure o objeto nas mãos.

  • Entre em alpha.

  • Convide a Divindade escolhida para estar com você no círculo.

  • Examine se há energias que precisam ser purificadas.

  • Caso seja necessário, purifique dizendo:

    “Eu neutralizo qualquer energia incorreta neste cetro”.

  • Para carregar o instrumento, visualize sua própria aura. Deixe-a circular em sua volta e entrar no objeto. Visualize as duas auras juntas e brilhantes expandindo-se.

  • Quando as auras combinadas estiverem fortes e brilhantes, declare o propósito com que carregou o objeto, ex:

    “Consagro este athame à Deusa Hécate (NOME DA DIVINDADE) para canalizar minhas energias e servir como instrumento de proteção em meus rituais mágicos”.

  • Agradeça, despeça-se da Divindade, dos elementos e feche o círculo.

Opcional:

Consagração à Natureza

  • Abra o círculo mágico com o cetro já carregado (saiba como aqui).

  • Segure o objeto nas mãos.

  • Entre em alpha.

  • Examine se há energias que precisam ser purificadas.

  • Caso seja necessário, purifique dizendo:

    “Eu neutralizo qualquer energia incorreta neste cetro”.

  • Para carregar o instrumento, visualize sua própria aura. Deixe-a circular em sua volta e entrar no objeto. Visualize as duas auras juntas e brilhantes expandindo-se.

  • Quando as auras combinadas estiverem fortes e brilhantes, declare o propósito com que carregou o objeto:

    “Varinha te consagro pela terra (passe a varinha pelo elemento), te consagro pelo fogo (passe pela chama), te consagro pelo ar (passe pela fumaça do incenso) e te consagro pela água (encoste a varinha na água da taça), para que seja catalizadora das energias da natureza para meu uso e comando. Assim seja”.

  • Agradeça, despeça-se dos elementos e feche o círculo.

Beijos ♥
Fernanda Filippini (Selene)

Fontes, Bibliografia e Referências

  • O Poder da Bruxa, de Laurie Cabot
Published On: 22 de outubro de 2018Categorias: Bruxaria, Feitiços, Magia Natural

Compartilhe este artigo!

Magia Natural

Categorias

Fernanda Filippini

Fernanda Filippini

Trabalho com oráculos há mais de 25 anos e criei meu próprio método de ensino para formar um profissional completo. Sou Oraculista, Professora e Mentora de Tarot, Baralho Cigano e Runas Nórdicas.

Deixe um comentário

Depoimentos

“A Fernanda foi um presente! A didática com que conduz as aulas é espetacular. Sem dúvida, é o melhor curso de Tarot.”

Ana Carla

Ana Carla – BH, MG